SPS E Uniarp firmam importante convênio

img UNIARP

Inovador projeto ambiental une empresa de Porto União e universidade de Caçador

Foi realizada na sexta-feira, 26, a solenidade para assinatura de convênio entre a SPS – Tecnologia Ambiental e a Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp), de em Caçador (SC).

Sediado numa das salas da instituição de ensino, o evento reuniu empresários, professores e autoridades. Entre elas, os prefeito e vice-prefeito eleitos em Porto União, Anízio de Souza e Aloísio Salvatti. Eles lideraram empresários locais que também se deslocaram até Caçador para prestigiar o acontecimento.

Pelo convênio firmado, serão instalados projetos de ensino, pesquisa e extensão tanto na planta industrial instalada em Porto União quanto nos laboratórios da Uniarp.

A SPS concebeu um projeto inovador para reciclagem de resíduos classe I: cola fenólica e ureia formol, adesivos PVA, hotmelt e epóxi.  Atualmente, a principal resina utilizada no setor madeireiro é a fenólica seguida da uréica e do formol. Em alguns materiais é utilizada a resina uréica-melaminica. Assim, fragmentos de lâminas de madeiras contaminadas com fenol, provenientes das fábricas de madeira compensada, acabam por constituir um sério problema com relação a destinação, tornando-se um agressivo impactante ambiental.  Bem por isto, a SPS também tratará resíduos classe II: lodo com fibras curtas provenientes das industriais de papel.

Com a descoberta e com a parceria, a planta industrial, localizada na área industrial de Porto União, fará o reuso destes produtos poluentes, transformando-os em ricos extensores que serão devolvidos para o processo de produção.

Além disso, a parceria permitirá desenvolver projetos de pesquisa em conjunto, estágios supervisionados para os acadêmicos da Uniarp, pesquisa nos modernos laboratórios da Uniarp, bem como o uso da Biblioteca Universitária Comendador Primo Tedesco, uma referência para a comunidade acadêmica que possui em seu acervo um total de 36.550 títulos e 79.198 volumes.

As atividades acadêmicas terão especial atenção do professor coordenador dos cursos de engenharia da Uniarp, Everaldo César de Castro, com quem a SPS manteve os primeiros contatos para a realização desta parceria. “Conheço o Storck (Percy) há mais de dez anos. Ver hoje concretizado este antigo sonho comum é uma vitória comum”, observou.

Em sua fala, o inventor da fórmula e dos maquinários exclusivos da SPS, empresário Percy Storck, disse que a SPS possui dois portões: o do presente e o do futuro. “O crescimento de nossa empresa será ditado pela consciência de todos os setores envolvidos neste processo ao qual chamamos de inovação”, defendeu. Storck destacou que esta é uma empresa única na América Latina com este conceito de reaproveitamento, tanto que o sistema está registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Sócio de Storck na SPS, o empresário Silvio Laus (da Quimilaus, de São José dos Pinhais – PR) disse que é necessário cuidar deste passivo desconfortante com muita responsabilidade. “No centro de pesquisas da SPS teremos a humildade em descobrir e corrigir erros”, analisou.

Uniarp poderá estender outros benefícios
Falando em nome da Uniarp, o presidente da fundação mantenedora, Gilberto Uniarp, disse que acredita muito no potencial do projeto e de Porto União. Ao jornalista Marcelo Storck (Jornal A Segunda/TV Milenium), Seleme revelou que não está descartada a possibilidade da Uniarp estender cursos para o município de Porto União, caso a administração entenda ser de interesse.    “Esta aproximação com a vizinha cidade por meio deste acordo com a SPS com certeza resultará em frutos que transcenderão o aspecto ambiental”, observou.
Já o prefeito eleito de Porto União, Anízio de Souza, disse que o município não se furtasrá em apoiar o projeto em questão, tampouco os futuros que possam ser desenvolvidos com a Uniarp. “É um momento histórico para Porto União, um momento de grande importância”.
Assinado o convênio, agora tem início a fase experimental da planta industrial em Porto União.

A Uniarp
Com unidades em Caçador e em Fraiburgo, a Uniarp oferece anualmente vagas para cursos de Graduação e incentiva o aperfeiçoamento profissional com ofertas de cursos de Pós-Graduação em diversas áreas. Também faz parte da Universidade, o Colégio de Aplicação que oferece Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.
A UNIARP faz Educação Superior há mais de 40 anos, com todos os seus cursos aprovados e reconhecidos pelo Conselho Estadual de Educação (CEE/SC) e Ministério da Educação (MEC). A UNIARP é uma Universidade que cresce a cada ano, por meio de parcerias e recursos próprios, trazendo aos seus alunos e comunidade de toda a região, educação e atendimento social em suas diferentes áreas de estudo.

 

 


DSC_0033 DSC_0032 DSC_0023 DSC_0018 DSC_0014 DSC_0011 DSC_0007 DSC_0006 DSC_0002

 


jornal 04